CONSULTAS E EXAMES

Tratamentos em Medicina Fetal

Com o desenvolvimento dos métodos de diagnóstico em Medicina Fetal, é possível identificar inúmeras condições clínicas que acometem o feto,  e que algumas vezes, colocam em risco a sua saúde. Para esses casos, é necessário a adoção de tratamentos ainda na vida intrauterina, com o objetivo de otimizar o desenvolvimento fetal.

Os tratamentos em Medicina Fetal são classificados em clínicos e cirúrgicos. Recomendamos agendar uma consulta de Aconselhamento em Medicina Fetal para confirmação do diagnóstico e planejamento para a realização do procedimento. No dia do atendimento é importante que a paciente traga todos exames laboratoriais e de imagem realizados durante a gestação.

Confira abaixo algumas das condições mais comuns que avaliamos e tratamos:

♦ Incompatibilidade sanguínea (Rh, Kell e outras)

♦ Anomalias da gestação múltipla (crescimento e desenvolvimento fetal assimétrico, síndrome da transfusão feto-feto, gêmeo acárdio, gêmeos conjugados)

♦  Distúrbio do volume do líquido amniótico (oligoâmnio e polihidrâmnio)

♦  Infecções congênitas (toxoplasmose, citomegalovírus, rubéola, hepatite B e C, herpes, sífilis, HIV, Zika, Coxsackie A e B, Parvovirose, varicela, caxumba, gripe entre outras)

♦  Malformações do sistema nervoso (hidrocefalia, microcefalia, mielomeningocele, encefalocele, cistos cerebrais, anomalia de Dandy-Walker, aneurisma da veia de Galeno, agenesia de corpo caloso, tumor cerebral)

♦ Anomalias cardíacas (distúrbios do ritmo cardíaco fetal (arritmias), malformações (hipoplasia do Coração Esquerdo, defeitos septais e valvares, anomalias das vias de saída, coartação da aorta), tumor cardíaco.

♦  Anomalias torácicas e do pescoço (derrame pleural, cisto pulmonar, malformação cística-adenomatosa, sequestro pulmonar, hérnia diafragmática, obstrução Congênita das vias aéreas (CHAOS), bócio fetal, Higroma cístico do pescoço, linfangiomas)

♦  Anomalias digestivas e da parede abdominal (atresia esofágica e intestinal, cisto abdominal, onfalocele, gastrósquise, hérnia umbilical e ascite fetal)

♦  Anomalias gênito-urinárias (hidronefrose, uropatia obstrutiva, displasia renal, extrofia vesical, cisto de ovário, anomalias da genitália externa)

♦  Tumores fetais (teratoma (sacro-coccígeo, orofaringe, mediastinal, pericárdio e cervical), tumor cardíaco, renal, supra-renal e cerebral.


Expertise e Experiência

Todos os membros da nossa equipe multidisciplinar de Centro de Tratamento Fetal desempenham um papel fundamental no seu tratamento. Nossa equipe se reúne semanalmente para discussão de casos clínicos e evolução dos pacientes durante o tratamento que estão sendo submetidos com o objetivo de tornar as intervenções fetais ainda mais eficazes.

A abordagem multidisciplinar que usamos combina a experiência de profissionais de programas estabelecidos em Medicina materno-fetal, neurocirurgia pediátrica, cirurgia pediátrica, neonatologia, anestesia, infectologia, cardiologia pediátrica, genética clínica, radiologia, psicologia e enfermagem.

Pioneirismo

O Centro Paulista de Medicina Fetal é pioneiro em cirurgia fetal em nosso país e tem contribuído com sua experiência no desenvolvimento, prática, pesquisa e ensino de inúmeras técnicas cirúrgicas como cirurgia fetal a “céu aberto”, cirurgia fetal endoscópica, derivações e drenagens fetais e transfusão intrauterina comprovado por inúmeras publicações em revistas científicas de reconhecida notoriedade.

Suporte à Paciente e Família

O Centro Paulista de Medicina Fetal está preparado para prover suporte aos pais e familiares e apoiá-los em cada momento desde o diagnóstico e tratamento pré-natal, parto e cuidados após o nascimento. Nossa equipe de especialistas reconhecidos internacionalmente em terapia fetal e medicina materno-fetal trabalha em conjunto para garantir que você e seu bebê recebam os melhores cuidados possíveis.

Em caso de dúvidas por favor ligue para (11) 5572-9174 / (11) 5572-4449.